Escolher país e idioma
Austria ()
Belgium ()
France ()
Germany ()
Italy ()
Liechtenstein (CHF)
Luxembourg ()
Portugal ()
Spain ()
Switzerland (CHF)
Close
Mora nos EUA?

Temos um website novo da Carhartt WIP para os clientes dos EUA e do Canadá. Agora já fazemos envios e aceitamos devoluções a nível doméstico. Informe-se já.

Escolher país e idioma
Austria ()
Belgium ()
France ()
Germany ()
Italy ()
Liechtenstein (CHF)
Luxembourg ()
Portugal ()
Spain ()
Switzerland (CHF)
Close
Mora nos EUA?

Temos um website novo da Carhartt WIP para os clientes dos EUA e do Canadá. Agora já fazemos envios e aceitamos devoluções a nível doméstico. Informe-se já.

Criada em 1994 por Edwin Faeh, a Carhartt Work In Progress (WIP) desenvolve as suas próprias coleções com base na roupa de trabalho original da Carhartt. A marca combina adaptações autênticas destes arquétipos americanos robustos ao mesmo tempo que envolve as subculturas que os adotaram. Por sua vez, isto fez com que a Carhartt WIP se posicionasse num novo contexto e apresentasse os seus próprios clássicos.

Tendo inaugurado a sua primeira loja em Londres, em 1997, a Carhartt WIP tem atualmente 80 lojas físicas a nível mundial. Tem também o seu próprio departamento de música e uma equipa de skate, apoiando também vários artistas e lançando várias publicações. Desde 2010, a Carhartt WIP tem vindo a trabalhar com vários colaboradores que partilham a mesma filosofia, incluindo A.P.C., Converse, Fragment Design, Junya Watanabe, Nike, Underground Resistance e Motown.

1855
Hamilton Carhartt nasce em Macedon Locks, Nova Iorque.

1889
Com apenas quatro máquinas de costura e cinco funcionários, Hamilton Carhartt começa a produzir jardineiras em lona espessa e ganga, em condições sindicais.

1910
A Carhartt Company expande-se, passando a incluir duas fábricas de fiação e tecelagem na Geórgia e na Carolina do Sul, bem como fábricas em Detroit, Dallas e São Francisco.

1911
A Carhartt Automobile Corporation produz cerca de 300 "carros de lazer" por ano, sob o lema "A última palavra em construção de motores".

1914
Durante a Primeira Guerra Mundia, a Carhartt produz uniformes para as forças militares. Com um total de 17 fábricas oficiais, a empresa de vestuário Carhartt atinge o auge do seu sucesso económico nas primeiras duas décadas do século XX.

1923
O icónico Carhartt CO1 Chore Coat é publicitado pela primeira vez, tornando-se parte da coleção essencial da Carhartt.

1932
A Carhartt abre uma nova fábrica na cidade de Irvine (Kentucky) e lança a campanha "Back to the Land" para oferecer aos trabalhadores melhores condições longe dos bairros de lata, das condições de exploração laboral e da angústia geral das grandes cidades industriais, agora repletas de milhares de desempregados devido à Grande Depressão.

1937
Hamilton Carhartt morre aos 82 anos num acidente rodoviário na cidade de Grosse Pointe (Michigan), deixando a empresa aos seus filhos Hamilton Jr. e Wylie.

1941
Quando os EUA entram na Segunda Guerra Mundial, assiste-se a um impulso de toda a economia norte-americana porque as fábricas apoiam o esforço de guerra. Os soldados que estão no país e no estrangeiro precisam de vestuário robusto e duradouro.

1966
A coleção da primavera inclui uma linha de vestuário desportivo clássico, casacos informais, calças de ganga e camisas, tudo feito de lona, com nomes de produtos como "Huggers Pants" e "Surfers".

1989
A Carhartt celebra o seu centenário.

1989
Com o título “Conceito totalmente americano”, Edwin Faeh começa a introduzir produtos distintamente americanos, como a Carhartt, no mercado europeu.

1992
A ascensão da credibilidade da Carhartt nas ruas ocorre quando a marca é adotada por rappers, artistas de graffiti e jovens desocupados pelas suas qualidades robustas e estética prática.

1994
A Work in Progress (WIP) é criada por Edwin Faeh para se tornar na distribuidora exclusiva da Carhartt na Europa.

1995
O filme “O Ódio“”, de Mathieu Kassovitz, torna-se num dos primeiros filmes a apresentar a Carhartt, coincidindo com a sua popularidade crescente no panorama cultural e da música underground por toda a Europa.

1996
A Work In Progress obtém a licença para fabricar os produtos Carhartt fora dos EUA e lança a sua primeira coleção no ano seguinte.

1997
A primeira loja da Carhartt WIP é inaugurada em Neal Street, em Londres.

1997
A Carhartt WIP cria as suas próprias equipas de skate e BMX.

1999
Evan Hecox cria uma série de campanhas publicitárias ilustradas para a marca, tornando-se este estilo sinónimo das campanhas da Carhartt WIP naquela época.

2000
A Carhartt WIP apresenta a sua primeira coleção para mulher.

2000
A Combination Records é criada por Edwin Faeh, Oliver Drewes e Philipp Maiburg para a Carhartt WIP como uma plataforma aberta para a nova música eletrónica.

2003
É lançada a primeira edição da Rugged Magazine, uma publicação da Carhartt WIP. Continuaria a ser publicada durante mais 19 edições.

2007
É lançado o livro “Dirt Ollies: A Skateboard Trip to Mongolia” de Alexander Basile, Pontus Alv e Bertrand Trichet. (Publicado pela Bildschöne Bücher e pela Carhartt WIP)

2008
É lançada a Carhartt WIP Radio, proporcionando uma nova plataforma para apresentar editoras discográficas e artistas.

2010
A Carhartt WIP começa pela primeira vez a trabalhar nas coleções especiais e projetos notáveis com outras marcas com filosofias semelhantes. Ao longo dos anos, a marca continua a colaborar com marcas como A.P.C., Converse, Fragment Design, Junya Watanabe, Nike, Patta, Vans, Vestax e Vetements.

2011
A Carhartt WIP abre uma loja em Nova Iorque, fechando o círculo com as suas origens americanas.

2013
A Carhartt WIP colabora com a Antiz Skateboards.

2014
A Carhartt WIP celebra o seu 25.º aniversário.

2015
É publicado o livro “From Dirt to Dust”, que revisita a Mongólia uma década depois de “Dirt Ollies”.

2016
É lançado o livro “The Carhartt WIP Archives”. Publicado pela Rizzoli, é a primeira análise abrangente ao interior do mundo da Carhartt WIP. Entretanto, a equipa de skate da marca dá as boas-vindas aos seus primeiros skaters dos EUA e da Austrália.

2017
A Carhartt WIP colabora com a Isle Skateboards numa coleção especial exclusiva e em “Paving Space” – uma instalação artística, de Raphaël Zarka, onde é possível andar de skate. A marca torna-se igualmente membro da Better Cotton Initiative (BCI) e compromete-se a adquirir algodão mais sustentável ano após ano. Além disso, a Carhartt WIP colabora com os ícones tecnológicos de Detroit Underground Resistance, e lança a revista WIP, uma nova publicação semestral.

2018
A Carhartt WIP colabora com a marca de skates russa PACCBET e presta homenagem à Trojan Records, editora de reggae e dub, com uma coleção de peças especiais. A marca também apresenta Soul Skate – um documentário filmado no festival Moodymann em Detroit. Entretanto, a Carhartt WIP Radio celebra o seu 10.º aniversário.

2019
A Carhartt WIP abre a sua segunda loja nos EUA, situada em Los Angeles. A marca também introduz o algodão orgânico nas suas coleções e colabora com a marca australiana de skates, a PASS-PORT. Além disso, a Carhartt WIP cria duas coleções especiais colaborativas que prestam homenagem aos legados da Motown e de Fela Kuti.

2020
A Carhartt WIP continua a expandir a sua gama de produtos através de parcerias contínuas com a GORE-TEX INFINIUM e a Converse. A marca também colabora com a Awake NYC, bem como com a Galleria Continua, lançando uma linha de produtos, um filme sobre skate e uma publicação para assinalar a abertura da nova pista de cimento para skates da galeria nas suas instalações em Boissy-le-Châtel, perto de Paris.